Situação de Emergência pela estiagem em Centenário é homologada pela União

Imagem Destaque Situação de Emergência pela estiagem em Centenário é homologada pela União
Data da Publicação: 08/04/2020

O município de Centenário teve o Decreto de Situação de Emergência pela estiagem homologada pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil na última semana, conforme publicado no Diário Oficial da União. O reconhecimento do Decreto Municipal foi publicado na última sexta-feira, dia 3 de abril, juntamente com outros nove municípios, sendo três da Bahia (Água Fria, Andaraí, Maracás) e outros seis do Rio Grande do Sul (Centenário, Augusto Pestana, Boa Vista do Incra, Espumoso, Lagoa Vermelha e Tapejara).

Os prejuízos com a estiagem em Centenário ultrapassam R$ 15 milhões, segundo a estimativa da Secretaria Municipal de Agricultura e da Emater. A seca afetou principalmente as lavouras de hortifrúti, soja e milho e as pastagens para pecuária, se refletindo em queda também da produção de leite.

Diante da situação a Prefeitura disponibilizou por meio de um caminhão tanque água para as propriedades do interior para consumo humano e dos animais, além disso, uma escavadeira hidráulica e retroescavadeira foram utilizadas para limpeza e abertura de fontes de água e limpeza de açudes no município.  De acordo com o prefeito de Centenário, Hilário José Kolassa, a homologação é importante para o município receba retorno financeiro dos prejuízos com a estiagem. “Vamos aguardar o apoio do governo do estado e do governo federal de algum auxílio para o município”, disse o prefeito.

O decreto homologado reconhece a situação de emergência nos municípios, com isso os órgãos regionais estaduais do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (SINPDEC), ficam autorizados a prestar apoio suplementar ao município afetado. Além disso, com a homologação, os produtores podem solicitar a quitação de empréstimos e financiamentos de cunho agrícola e/ou qualquer tipo de cultura ou meio de sustento.

 


    Imagens da Notícia

  • Ver imagem

ACESSO AS
REDES SOCIAIS