Câmara de Vereadores de Centenário aprova Moção de Protesto e Repúdio contra “Reforma Estrutural” do executivo estadual

Imagem Destaque Câmara de Vereadores de Centenário aprova Moção de Protesto e Repúdio contra “Reforma Estrutural” do executivo estadual
Data da Publicação: 26/11/2019

A Câmara de Vereadores de Centenário aprovou na Sessão Plenária da última segunda-feira (25), por meio das bancadas do PT, PDT e PP, uma Moção de Protesto e Repúdio contra os projetos alcunhados pelo Executivo estadual de “Reforma Estrutural”, que compreendem alterações no Plano de Carreira do Magistério Público, no Estatuto do Servidos e no regime Próprio de Previdência Social do Estado. 
A moção foi justificada pelo processo intenso de empobrecimento que passa a categoria dos trabalhadores da educação, que não receberam reposição salarial nos últimos cinco anos; nos altos índices de adoecimento e elevados índices de suicídio entre os educadores; na proposta de não haver maiores investimento na educação, apenas um rearranjo do valor que está sendo investido atualmente; na cobrança de alíquotas previdenciárias dos professores aposentados que recebem pouco mais de um salário mínimo; no fato de que a proposta apresentada acarretará em uma queda na qualidade do ensino no município e um impacto negativo na economia local; e por fim, na estagnação dos proventos, já defasados, no achatamento do plano de carreira, no fim das vantagens temporais, e na redução de gratificações, que deverá levar ao fechamento de escolas em comunidades carentes, e o termino das incorporações farão da carreira dos educadores um deserto de recursos humanos. 
A Moção, aprovada será encaminhada à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, pleiteando pela rejeição das propostas em prol de alternativas reais de valorização e qualificação dos trabalhadores em educação do Estado.


    Imagens da Notícia

  • Ver imagem
  • Ver imagem

ACESSO AS
REDES SOCIAIS