Centenário investe em políticas públicas voltadas para as famílias

Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação realiza integração das atividades internas para aproximar pais e filhos do CRAS

Imagem Destaque Centenário investe em políticas públicas voltadas para as famílias
Data da Publicação: 08/05/2019

A família é o alicerce e primeira escola na vida de qualquer ser humano, e por isso o estímulo ao convívio familiar é tão importante para a formação de crianças e adolescentes. E sabendo da importância de incentivar esta relação, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação de Centenário, elegeu 2019 como o “Ano da Família”.

A Secretaria, por meio do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), desenvolve dois serviços: o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos  (SCFV), ambos trabalham a temática da família neste ano.

Segundo a assistente social e coordenadora do CRAS, Aline Lowe Ribas Wilhelm, o PAIF é conduzido por meio de visitas domiciliares; grupos de famílias; grupos de idosos; além do atendimento particularizado realizado pelas técnicas de referência, que são a assistente social e a psicóloga, sendo desenvolvido através de um co-financiamento do Governo Federal com o município. Entretanto o SCFV, que é voltado para atender os ciclos de vida como idosos e crianças e adolescentes, é 100% financiado pelo município. E por entender que este é um serviço de extrema importância, as atividades do SCFV tem sido um dos focos da Secretaria.

Ela destaca  neste ano o CRAS, dentro do SCFV para crianças e adolescentes nas idades entre 4 a 17 anos, está com uma proposta diferente nos trabalhos que está realizando, pois o foco está no trabalho sobre as relações familiares. Aline explica que uma vez por mês a equipe do CRAS, juntamente com os facilitadores, se reúnem para planejar o período seguinte. Desta forma a orientadora social, a facilitadora do karatê e da dança trabalham de forma integrada. “Muitos pais de crianças atendidas pelo CRAS já perceberam que nós estamos mandando muitos recados pela agenda, e pedindo uma participação ativa nas atividades, pois queremos aproximar as crianças e pais do CRAS” comentou ela.

No mês de julho está programada uma reunião com os pais para demonstrar o resultado das atividades neste primeiro semestre. “É importante que os pais participem, respondam os questionários junto com o filhos, e mostrem como eram as experiências familiares antigamente. Com isso nós vamos fazer uma análise de como era e de como está cada família neste momento, mas principalmente, queremos saber quais as dificuldades que elas têm”, finalizou Aline.


    Imagens da Notícia

  • Ver imagem

ACESSO AS
REDES SOCIAIS