Assistência Social alerta para atualização do Castro Único

Banco de dados é ferramenta fundamental para conhecer a realidade das famílias, e para a garantia dos benefícios sociais

Imagem Destaque Assistência Social alerta para atualização do Castro Único
Data da Publicação: 07/05/2019

Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Tarifa Social de Energia Elétrica. Esses são alguns dos 20 programas sociais do governo federal que utilizam o Cadastro Único para identificar potenciais beneficiários. O Cadastro Único é um registro criado para saber melhor quem são, e como vivem as famílias brasileiras de baixa renda do Brasil. Nele são registradas informações como a características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras. 

Mas tão importante quanto cadastrar as famílias de baixa renda dos municípios brasileiros, é manter os dados atualizados, que devem ser feitos a cada dois anos, ou sempre que houver mudança na situação da família, como: algum nascimento ou morte; saída de um integrante para outra casa; mudança de endereço; entrada de crianças na escola ou transferência de escola; e aumento ou diminuição da renda. 

A assistente social, coordenadora do Centro de Referência em Assistência Social, Aline Lowe Ribas Wilhelm, enfatiza a importância de as famílias manterem seu cadastro atualizado para garantir o direito de participar dos serviços de assistência social como o Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, além da redistribuição de renda. Para realizar a atualização é necessário ir até o setor responsável pelo Cadastro Único, junto a Prefeitura de Municipal. 


    Imagens da Notícia

  • Ver imagem

ACESSO AS
REDES SOCIAIS