Prefeitura orienta produtores de Centenário sobre vacinação contra Febre Aftosa

Imagem Destaque Prefeitura orienta produtores de Centenário sobre vacinação contra Febre Aftosa
Data da Publicação: 05/11/2019

A Prefeitura de Centenário, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, reforça as orientações aos produtores rurais do município sobre a importância da vacinação de bovinos e bubalinos contra a Febre Aftosa. O secretário de Agricultura do município, Dorival Junior Preczewski, destaca que, mesmo os produtores que possuem poucas cabeças de gado em suas propriedades precisam realizar a vacinação e comprovar junto à prefeitura. “Os produtores que possuem poucos bovinos em suas propriedades podem se unir para adquirir as doses, evitando que sobrem doses de vacinas nas propriedades. São aceitos até três produtores rurais em cada nota de compra da vacina”, comentou o secretário. 
O Rio Grande do Sul está com um projeto em andamento para se tornar zona livre de Febre Aftosa, sem vacinação. A expectativa das autoridades sanitárias é que isso possa acontecer já nos próximos anos, o que abriria novos mercados para a carne gaúcha, se equiparando à carne produzida no Uruguai, Argentina e também em Santa Catarina. Atualmente o Rio Grande do Sul é considerado zona livre de febre aftosa com vacinação.
Durante o mês de novembro acontece a segunda etapa de vacinação 2019, quando são vacinados apenas os bovinos e bubalinos com idade até 24 meses. A Prefeitura de Centenário orienta os produtores rurais para que façam a aquisição das vacinas e apresentem a nota na Secretária de Agricultura do município, para que as autoridades sanitárias sejam informadas. A intensão é comprovar que todo o rebanho de bovinos e bubalinos de Centenário foi imunizado. A segunda etapa da vacinação acontece entre os dias 1º e 30 de novembro.


    Imagens da Notícia

  • Ver imagem

ACESSO AS
REDES SOCIAIS